JONASOM- COMÉRCIO DE PEÇAS AUTOMOTIVAS LTDA

Família Santos Proprietários da JONASOM
Família Santos Proprietários da JONASOM

Esta história pode se confundir com a história de milhões de brasileiros, mas, só que não. A minha oficina é minha vida traz para você a história de uma família que tinha um sonho, ter o seu próprio negocio.

Em meados de novembro do ano 1962, no tradicional bairro portão em Curitiba, o Sr. Jonas Levandoski Silvi, inicia suas atividades como mecânico e inaugura uma oficina elétrica.

Oficina Elétrica no Inicio.
Oficina Elétrica no Inicio.

Naquele tempo funcionava a estação de trem do portão que chegou a atender trens do subúrbio no trecho Curitiba-Passaúna desde o ano de 1950 até 1977. Dá para ter uma ideia do quanto da riqueza do Paraná passou por ali. Nos árduos tempos do inicio do transporte rodoviário, O Brasil estava em completo desenvolvimento e o volume deste transporte aumentando.As estradas eram rudimentares, muitas vezes intransitáveis, mas o caminhão FNM conhecido como Fenemê, desbravou cada canto deste país.

injepecas-feneme

E com notável bravura desde a década de 50 se destacou no cenário nacional, como resistente e confiável.  Vários deles carregados de todos os tipos de produto vieram parar na porta da Oficina Elétrica.

O Sr. Jonas homem de notável agilidade e destreza de madrugada fazia chicotes elétricos. Eram instalados pela manha, assim os caminhoneiros poderiam continuar a sua viagem. E o pagamento. Na época era no “fio do bigode”. Eles assinavam uma nota branca e na próxima viagem que poderia durar um mês, pagavam.

Um dos mecânicos que iniciou suas atividades na empresa desde menino é o Geovani de Bastos Santos.

Geovani de Bastos Santos Proprietário da Jonasom parceira da Injepeças.
Geovani de Bastos Santos Proprietário da JonaSom parceira da Injepeças.

Depois de trabalhar em outras empresas na área de som automobilístico, Geovani começa a trabalhar na JONASOM, ainda jovem, com 17 anos é o nosso principal personagem e um dos responsáveis por boa parte desta história. Trabalhou como funcionário por quase 20 anos.  Geovani, casado com a Janete Aparecida da Silva Santos e juntos tem três filhos. Geovani Junior, Gean Fernando e kerolayne. As crianças ainda não eram nascidas quando Geovani iniciou o que seria a sua principal meta de vida. O sonho de ser dono do próprio negocio.

Quase toda família no inicio passa por grandes apertos. E em uma destas dificuldades o casal teve que pedir o desligamento de uma empresa em que juntos trabalhavam. Usaram o fundo de garantia para pagar as contas, foi quando Janete veio parar na cantina da JONASOM. Sim, cantina esta que se transformou em um restaurante interno para os funcionários.

Parte deste dinheiro que sobrou a Janete assumiu um importante compromisso, o de ajudar nas despesas da família. E assim ela inicia um empreendimento novo, começou a fazer churros e a vender. Comprou uma Towner se organizou e resolveu colocar na frente da oficina. Exatamente! Na frente da oficina em que ela e o Geovani trabalhavam. O ponto era ótimo, a clientela boa e o negócio iam de “vento em popa”.

Janete Aparecida da Silva Santos Proprietária da Jonasom.
Janete Aparecida da Silva Santos Proprietária da JonaSom.

Juntos, o casal aproveitavam os finais de semana e trabalhavam em feirões de automóveis, em frente de parques, play centers e por ai afora. Estes recursos auxiliavam e muito a situação financeira da família.

A família morava na Fazenda Rio Grande um município da grande Curitiba. Entre idas e vindas o tempo desperdiçado era muito alto. Planejavam comprar um apartamento dentro da cidade de Curitiba e mudar.

É difícil determinar em qual momento uma dificuldade pode entrar na vida de uma família. A Janete tinha um irmão, e este morava junto com a família. Ele sofre um acidente na BR que liga o município que eles moravam com Curitiba e vem a falecer. “Não é fácil perder alguém, ainda mais um irmão”- conta Janete.

Com a ideia de ter seu próprio negócio o Geovani e Janete continuam na brava luta do dia a dia. Os filhos crescendo dentro deste ambiente, viram o pai e a mãe procurando melhorar a vida de todos com dedicação e empenho.

O Jonas percebeu que o Geovani era um ótimo profissional e principalmente um empreendedor organizado. Ofereceu para o Geovani uma parte da oficina. A fatia oferecida representava som automotivo e acessório para carros.

Como empreendedores natos que são, utilizaram o dinheiro poupado com a venda de churros e compraram esta fatia da empresa. Jonas continuou com a parte de elétrica e mecânica.

O tempo foi passando e algumas dificuldades foram cruciais para que Jonas tivesse a intenção de vender o restante da oficina, oferecendo ao Geovani a possibilidade de compra.

Elétrica, mecânica, Bosch Car Service, som automotivos e acessórios. Ou seja, uma oficina completa.

É nesta hora que a família toma a decisão mais acertada da vida deles.

Janete estava juntando um dinheiro para dar uma “garibada” na casa. Dinheiro este que foi usado na compra do restante da oficina. Um salto na vida da família. E ainda sobraram 36 parcelas que seriam pagas mensalmente ao Sr. Jonas.

Pedro Luiz Ricetti o representante comercial da Injepeças, auxiliava a Janete nas contas que ficaram. Entre uma negociação e outra é colocada em “cheque”, a idoneidade da família, “será que vão pagar?”. Pedro que já conhecia a família há muitos anos, interveio e disse: ”se eles não pagarem, eu pago!”.

Pedro Benites o representante comercial da Injepeças.
Pedro Luiz Ricetti o representante comercial da Injepeças.

O que fazer numa hora destas? Será que pensaram em desistir? Vender para outro? Não claro que não, à família Santos não é de fugir de uma luta quanto mais de uma batalha, e ela só estava começando.

Uma família tradicional, pai, mãe e três filhos, todos temente a Deus e participante de uma igreja perto de suas casas. A família tem Deus em todos os momentos de suas vidas.

Geovani Jr o mais velho participa do grupo de cantos da igreja é Gestor Comercial da empresa. Gerencia toda a equipe de mecânicos, acompanha todos os projetos da empresa desde a chegada do cliente com um problema no carro até a sua liberação. Além do mais cuida da parte que ele gosta e muito, que é tocar o negócio que o pai começou na oficina, a parte de som e acessórios automotivos. Na igreja em que frequenta ele toca gaita, instrumento que ele domina muito bem.

Geovani Jr Diretor comercial da JonaSom.
Geovani Jr Gestor Comercial da JonaSom.

O Gean Fernando esta cursando a faculdade de contabilidade e já auxilia nas contas da empresa. Faz estagio em um escritório de contabilidade no horário da tarde e coloca em pratica os ensinamentos que tem aprendido, pela horário da manha juntamente com a mãe na oficina.

O Gean Fernando esta cursando a Faculdade de Contabilidade.
O Gean Fernando esta cursando a Faculdade de Contabilidade.

A Kerolayne cresceu auxiliando a mãe na cozinha na criação dos churros, e aprendeu o que é lidar com pessoas desde cedo, agora ela vai utilizar toda a sua experiência na oficina. Está cursando a faculdade de Recursos Humanos. Ela auxilia na parte administrativa e atua como recepcionista. E tem percebido de como é importante à mão de obra dentro da empresa. O seu principal objetivo é auxiliar no incentivo aos recursos humanos disponibilizados dentro da empresa.

Kerolayne Cursando a Faculdade de Recursos Humanos.
Kerolayne Esta Cursando a Faculdade de Recursos Humanos.

Planejamento de carreira é um dos pontos que ela quer trabalhar na empresa, pois como ela diz, “estas pessoas têm de crescer e tenho que incentivar o crescimento pessoal”, relata. Um desafio e tanto!

A oficina conta com um chefe de mecânicos o Gilmar, e um encarregado pela compra de autopeças. A empresa que conta com 20 funcionários diretos se mantêm na atividade e em pleno funcionamento.

As 36 parcelas que deviam da compra do restante da oficina foram todas pagas. Os credores foram todos pagos. E a oficina JONASOM agora pertence à família Santos.

Foram comprados elevadores e hoje a empresa conta com seis elevadores de sua propriedade e uma rampa. Tem um restaurante interno com uma cozinheira.

Olhando, parece que foi ontem que iniciaram esta empreitada, mas não foi. A principal testemunha é Deus e em segundo lugar o tempo. Tempo este que com a dedicação, foco, empenho, planejamento estratégico e uma boa gestão fizeram esta família construírem o negócio deles.

Conversei com um cliente deles que a mais de 20 anos que frequenta a oficina, o Sr. Paulo Rocha e o questionei sobre ele continuar como cliente da JONASOM estes anos todos, o que ele prontamente respondeu: “uma mão de obra atenciosa, mecânico de confiança, um preço cobrado com bom senso, eu fico tranquilo.”.

Ainda tem melhorias para serem feitas na empresa como bancada para os mecânicos,  a troca do piso e uma pintura nas paredes internas. A experiência deles, a união, os objetivos planejados, a busca de informação dos filhos para ajudarem os pais a melhorarem o negócio da família, não deixa duvidas de que eles irão conseguir mais resultados positivos e crescimento.

Como você pode ver a uma gestão administrativa familiar é possível e necessária quando você tem um sonho e quer coloca-lo em pratica.

É um processo, e se for para pagar as contas não custa nada vender churros, em parques e feiras como à família Santos fez. São varias ações e principalmente um planejamento focado no próximo objetivo. Ainda tem muito espaço para o crescimento, afinal os filhos estão cursando faculdades e planejam melhorar o estabelecimento que a família possui. A estratégia da empresa é focada na resiliência.

Como acontece em muitas empresas familiares o investimento de capital deve superar duas barreiras. A primeira: o retorno do investimento é pelos seus próprios méritos. A segunda: os gastos são mantidos pelo limite ao qual a própria empresa impõe.

A nossa economia que parece avançar de crise em crise com vertiginosa frequência, traz a ideia de adequar-se a um retorno menor em tempos de vacas gordas para garantir a sobrevivência nos tempos das magras o que pode ser uma solução sapiencial. E porque não dizer bíblica.

injepecas-distribuidora-de-autopecas

A Injepeças faz parte do crescimento desta empresa, a JONASOM é uma cliente há muito tempo. Estamos trazendo esta história para que você a tenha como exemplo. Aproveitamos o ensejo desejando a família Santos proprietários da JONASOM, que continuem trilhando este caminho com grande sucesso.

Se a sua oficina tem uma história de luta, e que passou por dificuldades, mas que no meio de todo este processo ela cresceu, evoluíram e principalmente que a INJEPEÇAS tem uma parte dentro deste processo é o que queremos saber. Conte para nós, faremos questão de escutar o seu exemplo e contar para todos.

Mande e-mail para: marketing@injepecas.com.br.

Redação e correção: Marketing Injepeças

 

Anúncios

Um comentário sobre “JONASOM- COMÉRCIO DE PEÇAS AUTOMOTIVAS LTDA

  1. Que caminhada bonita desta família…..são meus amigos, pessoas sérias de compromisso com Deus e com o próximo.
    Nada vem de graça, tudo requer uma luta constante e muitos desafios, aquilo que vem de graça desconfie.
    Parabéns Geovane e Família e também a seus colaboradores de muitos anos.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s