Blog | Freio

injepecas-freio-regis-deiques

O Freio é o sistema responsável pela sua segurança, pois garante a parada do veículo, seja em uma condição normal ou emergencial.

Os freios são partes fundamentais para o bom funcionamento de um veículo.

O freio tem passado por uma serie de transformações devido ao avanço da tecnologia, e atualmente existem vários tipos.

Os principais modelos estão os freios a tambor, a disco e o ABS.

Vamos conhecer algumas das principais diferenças:

Freio a tambor

– A força gerada da frenagem ocorre dentro do tambor, por meio do atrito entre a lona e a superfície do tambor;

– Os tipos mais usados são os simples, (Veículos de passeio, utilitários de pequeno porte), e o Duo-servo (veículos utilitários de médio porte);

– Possui duas sapatas, um cilindro de freio com pistão e muitas molas, que são usadas para afastar a sapata do tambor quando o freio é liberado;

– Com o tempo as lonas vão desgastando, aumentando a distância entre a sapata e o tambor. Esta diferença pode ser diminuída por meio de uma regulagem automática que mantém os dois sempre próximos;

– Os reparos do freio a tambor, geralmente ocorrem a partir dos 50 mil quilômetros;

– o custo de manutenção é maior.

 Freio a disco

– Recebe a pressão hidráulica gerada pelo cilindro mestre que a transforma em força mecânica por meio dos êmbolos, essa força é usada para pressionar as pastilhas de freio contra o disco;

– O freio a disco fica muito mais exposto que o freio a tambor e a sua refrigeração é muito maior, principalmente quando está em movimento;

– Os freios a disco precisam passar por manutenção a cada 30 mil quilômetros, e ou quando as pastilhas estiverem com uma espessura menor que 5 mm;

– Sendo mais simples que o a freio a tambor a manutenção é mais rápida e barata.

 ABS

– O Sistema Antibloqueio de Frenagem, conhecido simplesmente pela sigla ABS, é o mais utilizado nos últimos anos;

– Permite que o carro obedeça a uma trajetória determinado pelo motorista com o uso do volante em um espaço pequeno;

– O ABS é capaz de reduzir a distância de parada do veículo. A 80 Km/h pode diminuir para 61 Km/h;

– Por determinação legal, a partir de 1º de Janeiro de 2014 todos os veículos saem de fábrica com o freio ABS.

– Na verdade, o sistema não requer nenhum tipo de manutenção. Problemas no módulo eletrônico são raríssimos. O que acontece mais é algum tipo de deficiência no funcionamento dos sensores do ABS, localizados nas rodas.

Quer saber como andam os freios do seu carro? Fique atento aos sinais:

-Pedal de freio baixo;

-Assovios quando o freio é acionado;

-Alavanca de freio de mão alta;

-Vazamento nos cilindros;

-Luzes acesas no painel;

-Nível do fluido para freio abaixo do ideal;

-Trepidação no volante quando o freio é acionado;

-Volante puxa para um dos lados ao pisar no freio;

-O sistema de freio é um sistema hidráulico. Ou seja, para funcionar perfeitamente não pode haver vazamento em seus componentes.

Recomendamos que você troque o fluido a cada 10.000 km ou 1 ano.

Regis Deiques

marketing@injepecas.com.br

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s