MEDIDOR DE FLUXO DE AR – MAF

 

O que é um medidor de fluxo de ar, e para o que ele serve. A Injepeças traz algumas informações sobre este item importante para veículo.

Nos dia de hoje, o medidor de fluxo de ar ou MAF trazem menos falhas, mas ainda ocorrem. A coisa complicada com alguns desses tipos de falhas é que pode dar problema sem acionar a luz do painel.

O QUE É ESTE SENSOR

Antes de entrar em diagnóstico, vamos começar com um breve resumo do próprio sensor.

O principal objetivo do sensor de fluxo de massa ar é medir o volume e a densidade do ar que entra no motor em determinado momento.

Este sensor também é usado indiretamente para ajudar a calcular estratégias de temporização de ignição e operação de transmissão desejada.

O computador usa essas informações em conjunto com a entrada de outros sensores para calcular a quantidade correta de combustível para entregar ao motor.

SENSORES MAF

Sensores MAF são projetados principalmente como um sensor de “fio quente” ou um sensor de “filme quente”. Ambos os sensores devem funcionar de uma forma semelhante.   Nos sensores de fio quente, a corrente passa através de um fio de platina e em sensores de filmes quentes a corrente passa através de uma grade de alumínio.

O nível de corrente é regulado para manter o fio ou filme quente, a uma temperatura predeterminada. Esta temperatura é tanto um valor direto, ou um valor que é um número definido de graus acima da temperatura ambiente.

E COMO FUNCIONA O SENSOR

Bem, o ar passa através do sensor de fluxo de massa de ar, que arrefece o fio quente, aumentando a quantidade de corrente necessária para manter o fio à temperatura especificada.

A quantidade de que o fio é arrefecido é diretamente proporcional à temperatura, densidade e umidade do ar que passa através do sensor e como tal, o aumento da corrente necessária para aquecer o fio permite ao computador calcular facilmente o volume de ar que entra no motor.

Sensores de fluxo de massa de ar enviam uma tensão ou sinal de frequência para o módulo de controle de Powertrain, ou seja, para o computador de bordo do carro, que é o coração do sistema de controle do motor.

Sensores de fio quente normalmente têm um alcance de 0 – 5 volts, quando esta sem funcionamento tem em torno de 0,5-0,8 volts e quando esta em aplicação plena, a tensão é normalmente entre 4 e 5 volts.

Sensores de filmes quentes normalmente produzem uma frequência de 30 – 50 Hz com 30 Hz parado e 150 Hz em plena aceleração.

Existem algumas outras diferenças sutis entre os sensores, mas estes não prejudicam a função ou finalidade.

DIAGNÓSTICOS NOS SENSORES MAF

Então, quais os tipos de sintomas que pode obter a partir de sensores MAF, e como devemos testar essas falhas? Bem, como dissemos anteriormente, os sensores MAF podem produzir sintomas de dirigibilidade sem gerar um código de verificação do painel.

-Para facilidade de diagnóstico use uma ferramenta de verificação, um Scanner deve ser utilizado para monitorizar as leituras dos sensores.

-Sonde os terminais adequados para o sensor MAF, e veja se os códigos específicos MAF estão presentes, prossiga com os testes apropriados.

-Se há códigos ou se tiver códigos pequenos, ou você suspeita de que são causadas por um sensor de fluxo de massa de ar com defeito, ligue o Scanner com a capacidade de controlar as válvulas de sensor e puxe para cima o sensor de fluxo de massa de ar.

-Grave o seu sensor MAF lendo em rotação lenta, e novamente em vários gamas de RPM. Compare os valores com as especificações.

-Em seguida aumente a aceleração, enquanto observa a leitura MAF. Aumento deve ser de forma constante proporcional à mudança RPM.

-Execute as mesmas verificações, pode aumentar o aquecimento do sensor com um secador de cabelo. Qualquer flutuação, fora de leitura especificada indica que pode ter um problema de fiação do sensor de fluxo de massa de ar.

-Reparar e testar novamente.

-Recomendamos monitorar valores MAF. Consulte o assistente de unidade durante a verificação destas leituras.

-Se ao fazer a leitura esta tudo dentro da normalidade, é provável que não tenha mais o problema.

-Certifique-se de verificar todas as ligações de entrada de ar e juntas, bem como o filtro de ar antes de falha do sensor, esses tipos de probleminhas podem afetar as leituras.

-É possível que o sensor esteja contaminado pelo tempo de uso ou da utilização de óleo saturada.

Finalmente, nem sempre é necessário substituir um sensor de fluxo de massa de ar.

É possível a limpeza do sensor de fio quente (uma vez que o sensor é removido do veículo) e limpá-lo com a mais baixa pressão de ar. Com as devidas precauções.

Uma vez que o sensor é limpo, remonte-o novamente, instale e verifique o funcionamento. Você pode ser agradavelmente surpreendido!

Espero que esta informação tenha sido útil.

Obrigado pela visita e tenha um ótimo dia!

 

Regis Deiques – Marketing Injepeças

 

Fonte:

https://www.engine-light-help.com/mass-air-flow-sensor.html

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s